Fragmentos



Como não tinha o Cérebro Pensante até o início de 2014, incluí neste site textos anteriores a tal blog, que são e-mails, individuais ou agrupados por assunto, enviados para uma lista de discussão, a Lista Vital, que era formada predominante mas não exclusivamente por pessoas com deficiência e na qual me autodenominei de bad boy e o chato da lista, por dizer coisas que ninguém quer ouvir, são alguns fragmentos da minha vida e do que penso – para facilitar a compreensão, quando houver citação do que outra pessoa escreveu a cor do texto será azul e o parágrafo começará com a letra C entre colchetes e, quando necessário, o contexto será explicado. Os outros são postagens em redes sociais e um foi escrito exclusivamente para este site.


Acaso
Autoestima 
Breve Auto-retrato
Como me viro no sexo  
Devotees, atraídos por pessoas com deficiência
Eutanásia e Vida  
Excluído do Sistema Bancário 
Imagem de Anjinho e de Coitadinho 
Imagem de Super-Homem  
Livro do MAQ 
Mar  
Micos num Casamento
Minha Visão da Vida  
Mulheres Doidas 
Namoros Virtuais 
O Credo da Ciência 
O que fazemos com nossos Preconceitos  
Paralisia Cerebral - uma expressão enganosa  
Preconceito Cômico
Psicologia da Ausência de Fala
Rei Coragem
Revolução Sexual sobre Rodas
Roda Viva
Rótulos
Uma Entrevista
XIV Congresso da Associação Brasileira de Paralisia Cerebral